Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Guaraqueçaba, sábado, 28 de janeiro de 2023 Telefone (41) 3482-1280

Atendimento Atendimento: 08:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:30

Sext
27/01
Parcialmente Nublado
Máx 29 °C
Min 20 °C
Índice UV
13.0
Sáb
28/01
Parcialmente Nublado
Máx 31 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0
Domi
29/01
Parcialmente Nublado
Máx 30 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0
Segu
30/01
Chuvas Isoladas
Máx 27 °C
Min 22 °C
Índice UV
13.0

Obras - Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Praias de Parque Nacional de Guaraqueçaba teve "super" Mutirão.

Praias de Parque Nacional de Guaraqueçaba teve "super" Mutirão.


Praias de Parque Nacional de Guaraqueçaba teve

Equipes de vários setores realizam ação conjunta.Na manhã de sexta-feira, 22/05, equipes das Secretarias de Saúde, Desenvolvimento Sustentável, Ação Social e ainda da Diretoria de Obras da Prefeitura Municipal de Guaraqueçaba estiveram na Barra do Superagui, Parque Nacional, região insular da cidade, para um mutirão local. Agentes Comunitários de Saúde vistoriaram as casas em busca de foco de mosquito transmissor da dengue, o que nunca houve registro na ilha mesmo tendo condições para o seu desenvolvimento; A Diretoria de Obras ficou encarregada da limpeza e manutenção de valas e canais de escoamento de águas pluviais, principalmente no entorno da Escola Municipal “João Luiz da Silva”, serviço este que foi acompanhado de perto pelo vereador Nico do Rio Verde; O Centro de Referência a Ação Social – CRAS, través da Assistente Social e de sua Psicóloga, também realizou visitas às casas e cumpriram algumas diligências na Barra do Superagui; Acompanhados pelo Secretario de Desenvolvimento Sustentável, Mauro Rosa, os funcionários fizeram a limpeza da praia, principalmente na área de vegetação baixa, também conhecida como jundu. Cerca de quinze trabalhadores retiraram todo o lixo, acumulado nas margens devido às marés cheias e que acabam se misturando à vegetação. A limpeza foi realizada em atendimento a uma solicitação de moradores da região, e será feita sempre de acordo com a necessidade.A iniciativa se deve a comemoração do Dia Mundial do Meio O Dia Mundial do Meio Ambiente que é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Através do Decreto Federal 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também estabeleceu que neste período em todo território nacional se promovesse a Semana Nacional do Meio Ambiente que tem por finalidade apoiar a participação da comunidade nacional na preservação do patrimônio natural do País.Entre as duas praias, a da Barra e a Deserta, foram retirados aproximadamente 300 kg de lixo que poluíam o meio ambiente.  A escolha das praias teve um motivo: ambas recebem a coleta seletiva a cada 15 dias, durante o período entre uma coleta e outra, o lixo fica armazenado em um barracão da própria prefeitura, sob a supervisão do Dinarte, serviços gerais da prefeitura, também responsável pela manutenção do serviço de captação de água para a comunidade.Preservação do junduA Praia Deserta apresenta uma vegetação classificada de restinga, de acordo com a Resolução nº 7, de 1996, do Conselho Nacional do Meio Ambiente - Consema. Outra Resolução do mesmo Conselho, nº 303, de 2002, classifica as áreas de restinga como Área de Preservação Permanente, não sendo possível, portanto, sua eliminação dessas áreas. Esse tipo de vegetação é de proteção à biodiversidade da zona costeira. Atualmente, é um bioma que corre grande risco de extinção e, por conta disso, é protegida por leis federais, estaduais e municipais.LixoEntre os resíduos encontrados havia: garrafas pet, fraudas, cadeiras de praia, sacos plásticos, entre outros. Ainda falta conscientização dos turistas com o lixo. Foram encontradas até lixo internacional: garrafa d’água da China, leite da África do Sul, italiano, tailandês e americano. O destino final do lixo é um dos agravantes da degradação do Parque Nacional do Superagui. Não há como não produzir lixo, mas é possível reduzir a sua produção e reutilizá-lo. A conscientização da população é um fator de extrema importância para que as políticas ambientais tenham sucesso, e a colaboração entre a sociedade e o poder Público, estimula e possibilita uma melhor atuação das políticas públicas no município, por isso as campanhas educativas contribuem para mobilizar a população, para sua participação efetiva e ativa na coleta seletiva, separando os materiais recicláveis e/ou reutilizáveis diretamente na fonte de geração. Guaraqueçaba conseguiu implantar o sistema de coleta seletiva, mas observam-se problemas de condução no processo, pois uma cidade como Guaraqueçaba, que produz em torno de 3 toneladas diárias de resíduos sólidos, ter somente 60% desse lixo encaminhado para a reciclagem é realmente um percentual muito bom, mas muito pode ser feito para fazer com que a população participe da Barra do Superagui e contribua separando o seu lixo em casa. É importante ressaltar que todo o lixo da Ilha tem como origem o município vizinho de Paranaguá, onde a população local realiza suas compras por se tratar do local mais próximo da comunidade. É necessário que todos assumam a prática da separação do lixo, sabe-se que não é fácil mudar os nossos hábitos, mas o importante é querer fazer a mudança para vermos a transformação e também o resultado disso. O lixo é gerado por todos, portanto, é problema de todos e responsabilidade de toda a sociedade. A Educação Ambiental começa dentro de casa, não só na rua, ou nas escolas. Mas o que falta para a coleta seletiva de lixo em Superagui de certo? Por que a população não participa efetivamente desse processo? Talvez porque a Educação Ambiental não esteja presente no dia a dia da população, e é aí que está o grande problema, se o cidadão não sabe de seu verdadeiro papel não participa efetivamente de todo processo. É necessário que todos reflitam sobre as questões do cotidiano, que embora sejam simples como a questão do lixo, mostram a maneira de entender o papel de todos na sociedade, e as relações de respeito e de harmonia do ser humano com o meio ambiente e consigo mesmo. 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

29 Visualizações

Voltar para a listagem de notícias

Covid

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!
WhatsApp

Versão do sistema: 2.0.0 - 27/01/2023

Portal atualizado em: 27/01/2023 13:47:28

Prefeitura Municipal de Guaraqueçaba - PR.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.