Facebook
conteúdo do menu

Prefeitura Municipal de Guaraqueçaba

conteúdo principal
conteúdo principal

Notícia

Imagens (Foto divulgação: Prefeitura de Guaraqueçaba) - Galeria de imagens ao final da matéria


Nesta segunda-feira (15) feriado da Proclamação da República, a prefeitura de Guaraqueçaba por meio de sua secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, realizou a descida de caiaque pelo rio Guaraqueçaba.

Devido a uma recomendação da vigilância sanitária, todos os participantes compareceram dois dias antes do evento na sede da Secretaria Municipal de Saúde onde se submeteram ao teste rápido e todos os participantes e equipe de apoio tiveram resultado negativo para Covid-19, o que permitiu que o evento seguisse com segurança.

Logo cedo os participantes se reuniram no ponto em frente ao Colégio Estadual Marcilio dias de onde foram transladados até o Rio Guaraqueçaba, foram ao todo 20 pessoas em 16 caiaques sendo alguns individuais e outros de duplas, todos utilizando equipamentos de segurança.

O percurso foi tranquilo e o dia ensolarado ajudou para que lindas imagens fossem capturadas, equipes de apoio do departamento de esportes estiveram no local bem como embarcações das equipes da saúde.


Na imagem, família Lima participando do evento (foto divulgação: Prefeitura de Guaraqueçaba)

Gracielly Miranda Lima de 39 anos participou do evento com seu esposo Eduardo Manoel e seu filho Lucas de 10 anos cada um em seu caiaque individual. A família chegou na Praça Willian Michaud no centro de Guaraqueçaba por volta das 15 horas. Segundo Gracielly 'foi maravilhoso".

Este evento foi maravilhoso e será inesquecível. Parabéns aos organizadores. Diz Gracielly

 

Na imagem Lucas Lima de 10 anos e seu pai Eduardo Manoel (Foto divulgação: Prefeitura de Guaraqueçaba)


Lucas de apenas 10 anos fala de sua experiência inesquecível e do suporte da equipe da saúde.

Eu participei dessa descida de caiaque que vai ser inesquecível para mim, não só para mim mas para meus pais e meus amigos.” Diz Lucas

O menino fala das dificuldades e da parte divertida.

”.. a gente estava num trajeto que eu não conseguia mais remar e comecei a sentir dor no braço, quando vi a voadeira da saúde já estava bem pertinho da gente, eu fui remando, remando, remando até chegar na voadeira, subi nela peguei um lanchinho, comi o lanchinho e depois de 2 minutos voltei pra água, mas não deu nem 2 minutos já voltei pra voadeira de novo e essa foi a parte mais engraçada para mim..” fala Lucas aos risos